Histórias
#08

Zazá
Piereck

A carioca Isabela Piereck é chef e empresária, dona do restaurante Zazá Bistrô, em Ipanema, e do Zazá Bistrô Café, no Leblon. Zazá, como é conhecida, é mãe do Francisco e da Flora. Ela nos recebeu em sua deliciosa casa fincada no alto de São Conrado e bateu um papo conosco sobre família, trabalho e valores.

“Quando os dois nasceram, achei o Chico e a Flora muito mais parecidos entre si do que comigo e com o Cello [Camolese Macedo, marido da Zazá]. Eles são uma mistura dos meus pixels com os dos Cello de uma maneira distinta um do outro. Por exemplo: o Chico é mais tranquilo, mais parecido com o pai; a Flora é muito mais agitada, mais rapidinha, parece mais comigo. É engraçada essa mistura de um com o outro.”

“Eu considero que meus filhos hoje são meus amigos. Eles me ensinam o tempo todo, me chamam a atenção quando exagero no uso do celular, por exemplo, e estão sempre presentes. Eles exercem presença, vivem comigo o momento, o presente, mesmo. Eu acho isso fundamental para a vida em família.”

“Meus filhos dão muita opinião no cardápio do Zaza Bistrô. Chico reclamava das minhas sobremesas muito light e criou uma sobremesa chamada Para Filhotes, de brigadeiro, biscoito e sorvete de creme – usei Flor di Latte e fiz uma palha italiana, na verdade. Comecei a criar receitas vegetarianas para a Flora. Agora tem uma que leva humus com cúrcuma e vegetais grelhados. Eles estão ligados, o tempo inteiro.”

“Não sigo moda no restaurante. Faço aquilo que está fazendo sentido para mim no momento. A maneira como eu cozinho para as pessoas lá é a mesma maneira que eu cozinho aqui em casa, para mim. Por mais que a comida seja importante, acho que a experiência que o cliente vai ter lá é mais importante do que algo isolado como um prato. Também nunca tive arquiteto para o Bistrô, fui bolando as coisas e fui fazendo. Às vezes carrego objetos e elementos aqui de casa ou que eu garimpo por aí para a decoração. É legítimo, verdadeiro. Acho que você abre um portal quando trabalha assim.”